Divulgação — A Pedra de Babel será lançado hoje em Berlim


A Pedra de Babel em Berlim
Qual o limite entre realidade e ficção? Entre teatro e vida? Entre representação e existência? Ser e não-ser? Loucura e lucidez? Entre filosofia e literatura? Imagine uma peça teatral em que cada respiração, ato e não-ato, cada pensamento, delirante ou sóbrio, são representações, vivências de papéis sugeridos pelo próprio palco e levados à cena com perfeição por atores sem público, sem platéia, sem aplausos… Imagine este palco como resultado da confluência entre um deserto exterior, imensurável, e outros tantos, interiores, também sem limites, reunidos ao acaso, mera contingência… Agora imagine que tudo isso é um romance, um romance escrito em torno de uma única palavra: Adeleine! Quem é Adeleine?
Escrito por Edilson Pantoja, autor de Albergue Noturno, romance vencedor do Prêmio IAP de Literatura, em 2005, e saudado como “um tributo a ampliar o acervo dos grandes romancistas em língua portuguesa”, A Pedra de Babel será lançada hoje, 07 de julho, em Berlim, Alemanha, em evento de leitura (lesung), com a presença do autor, em A Livraria, estabelecimento voltado para obras em língua portuguesa. O evento contará também com a participação especial do filósofo e professor Ernani Chaves.
Resumo de opiniões sobre o livro:
“É a poesia substantiva cuja fertilidade semântica subverte Tempo e Espaço, Real e Aparente, Entes e Coisas, numa tessitura de múltiplas metamorfoses e significações…” (Wanda Monteiro – Rio de Janeiro/Belém).
“Saga de um solitário que não se resigna. Não seremos ele, todos nós, presos nos infinitos desertos da nossa solidão? Será o sonho a nossa única saída? E, nesse sonho, seremos actores de uma peça cujo tu é o resto do mundo? Um romance exemplar” (Geraldes de Carvalho – Portugal).
“Edilson Pantoja faz filosofia como quem faz literatura? Ou faz literatura como quem faz filosofia? Ou ambos?” (Marcos Pardim – São Paulo).
“Excelente! Profundo! Arrebatador! Para um tipo de leitor que não se deixa seduzir pelo raso, pelo horizonte nítido, pelo delineamento corriqueiro,pela referência fácil… A forma se aproxima da escrita de mestres. lembrará Borges, talvez Rulfo, ou ainda o discurso interior de um Joyce” (Cecilia Cassal – Porto Alegre).
“Filósofo entre filósofos, produz literatura das boas… Trabalha para nos inquirir sobre o abismo, a existência, o ser, a essência, o verbo, a palavra… Edilson sabe onde pisa” (Salomão Larêdo – Belém).
“Encontro do mais cruel dos tormentos com o árido consolo do nada… monolítico monumento à solidão..” (João Bosco Maia – Belém).

Serviço: Lançamento do romance A Pedra de Babel.
Local: A Livraria, 19:00hs.
Endereço: Torstrasse, 159 – 10115, Berlim.

Fonte: release do lançamento.

Edilson Pantoja cursou, no semestre que passou, a disciplina Memória e Patrimônio Arquitetônico do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo – PPGAU – como optativa ao seu doutoramento em filosofia na UFPA.
Tal disciplina foi ministrada pela professora Cybelle Salvador Miranda, doutora efetiva desta FAU.

Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Divulgação — A Pedra de Babel será lançado hoje em Berlim

  1. Dinah disse:

    Parabéns Edilson!!!

  2. Parabéns!
    Você merece tudo isso e muito mais.
    Estou aqui. Vou continuar na torcida.
    Um abraço grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s