CLIPPERS ‒ sui generis PARADAS da Belém dos hidroaviões

CLIPPERS postagem JPG

Ampliável à leitura.

Clippers – sumário da pesquisa atualizado (em PDF).

CLIPPER original – o Streamline na arquitetura da Belém dos anos 1930 (em PDF).


Postscriptvm (28/10/2014):

A NOITE

A convivência dos belenenses com os CLIPPERS (hidroaviões) durou aproximadamente uma década antes da 2ª Guerra Mundial; o que justificaria o erguimento  do “monumento” CLIPPER Nº01, útil à população da capital do Pará, de características Streamline Moderne em sua arquitetura.
Apesar da NYRBA ter sido comprada em 1929, somente em 15 de setembro de 1930 passou oficialmente à PAN AM.
A NYRBA, antes mesmo da PAN AM batizar seus aviões como CLIPPERS a partir de 1934, já utilizava os veleiros do tipo clipper como estratégia de propaganda e marketing aos seus flying boats (barcos voadores).

Ver Pan Am Clipper Names 1934-1991 e PANAIR DO BRASIL, Uma história de glamour e conspiração; por Marco Altberg.

Sobre Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Artigos e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para CLIPPERS ‒ sui generis PARADAS da Belém dos hidroaviões

  1. Bela matéria, amigo. Obrigada

Deixe uma resposta