Resultados da busca por: josé do Ó de almeida

Asylo do Tucunduba — a edificação de 1866 e sua adaptação em 1873

Em Asylo do Tucunduba — a edificação de 1866 e sua ampliação em 1885 fora questionado se os necessarios concertos naquelle lasareto para o fim de servir de hospicio aos alienados aguardaram 12 anos à execução (de 1873 a 1885)? O Jornal do Pará … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória, Patrimônio | Marcado com , , | Deixe um comentário

A atrapalhada memória de Heliodoro de Brito em 1930 – ficção?

Litografia de Joseph León Righini publicada em 1867: Estrada de São José Feira do Som, da Rádio Cultura, contradiz o Blog da FAU causou polêmica por “derrubar” a pesquisa contida em Onde ficava o Jardim Mythologico de Belém do Pará?. A resposta … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória | Marcado com , , | 4 Comentários

Impressões do Mosqueiro pós morte de José do Ó de Almeida*

Mosqueiro por volta de 1910: 27 anos após a morte de José do Ó de Almeida Fonte: Solaris Edições Culturais. Mosqueiro em 1892: nove anos depois da morte de José do Ó de Almeida Mesmo com a diferença de 18 … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, Memória | Marcado com , , | 1 Comentário

A Nossa Senhora do Ó de Mosqueiro foi de José do Ó

  Nossa Senhora do Ó de Mosqueiro Em 25 de setembro de 1858, a contragosto do padre Castillo, foi sancionada a Lei Provincial nº321 que transferiu a sede da freguesia de Nossa Senhora da Conceição (Concepção) de Benfica para a … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória | Marcado com , , | 14 Comentários

José do Ó — o retrato a óleo que Mosqueiro não pintou

Ampliável à leitura Mais em: José do Ó de Almeida — precursor da fotografia em Belém.

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , | Deixe um comentário

José do Ó de Almeida — precursor da fotografia em Belém

O equipamento e a chapa vistos acima são meramente didáticos (não são do retratista), porém, o texto foi extraído do jornal paraense Treze de Maio de 24 de setembro de 1848. José do Ó de Almeida desde 1846 usava seu Garreotip para … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, História, Memória | Marcado com , , | 3 Comentários

O equivoco de Ernesto Cruz na biografia de José do Ó de Almeida

Percebeu-se, na publicação O agrimensor baiano José do Ó de Almeida, algumas incongruências na pequena biografia levantada por Ernesto Cruz em seu livro RUAS DE BELÉM sobre José do Ó de Almeida. O pesquisador do Museus Paraense Emílio Goeldi, Fernando Tavares, enviou-nos as … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória | Marcado com , , | 4 Comentários

O agrimensor baiano José do Ó de Almeida

A planta acima foi utilizada em superposição na publicação Queluz — que desenho e dimensão teria essa “quinta”? (2); enviada pelo professor Fabiano Homobono, ela integra o livro de João de Palma Muniz: Patrimonios dos Conselhos Municipaes do Estado do Pará (Paris: … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, História, Memória | Marcado com , , | Deixe um comentário

A presença de Mac Farlane na Villa Mac Dowell

Todos os indícios levam a crer que havia um miolo na Villa Operária Mac Dowell cortado por duas vias — as atuais passagens Emanuel Ó de Almeida e Rio Branco. Tal núcleo seria composto por habitações sem porão, separadas do alinhamento dessas … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, Belém, História | Marcado com , , , | 1 Comentário

A Villa Mac Dowell da Constructora de Antonio Lemos

A casa nº58 da hoje Passagem 5 de Abril de CEP 66035-070 — também chamada no local de Passagem Emanuel Ó de Almeida — é uma das guardiãs dos vestígios da primitiva Villa Operária Mac Dowell erigida e explorada pela Companhia Construtora Paraense de propriedade de Antonio … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, História | Marcado com , , | 2 Comentários

NOTA do jornalista Lúcio Flávio Pinto

AO LEITOR O Grileiro vencerá? Como já é do conhecimento público, em 1999 escrevi uma matéria no meu Jornal Pessoal denunciando a grilagem de terras praticada pelo empresário Cecílio do Rego Almeida, dono da Construtora C. R. Almeida, uma das … Continuar lendo

Publicado em Administração | Marcado com , , , | 1 Comentário

Tapa na Pantera, um fenômeno do Youtube em 2006

Vergueiro, Maria Alice (1935) Biografia Maria Alice Monteiro de Campos Vergueiro (São Paulo SP 1935). Atriz. Presença vigorosa, dotada de forte carisma cênico, Maria Alice Vergueiro imprime às grandes personagens que interpreta um inegável toque de pessoalidade. Embora tendo estreado … Continuar lendo

Publicado em Administração | Marcado com | Deixe um comentário

Mosqueiro — questão de terras; por Rodrigo Salles* (1890)

Mosqueiro — questão de terras; por Rodrigo Salles* (1890) (pdf). Os textos de Salles revelam um histórico das sortes de terras na Ilha do Mosqueiro, bem como alguns limites de terrenos que podem auxiliar na localização da Casa do Bispo, antigamente de José … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória | Marcado com , , | 2 Comentários

Queluz — que desenho e dimensão teria essa “quinta”? (2)

Em continuidade a publicação Queluz — que desenho e dimensão teria essa “quinta”? trabalhamos com um mapa enviado pelo professor Fabiano Homobono contido no livro Patrimonios dos Conselhos Municipaes do Estado do Pará (Paris: Aillaud & Cia.), de 1904, do engenheiro João de … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória | Marcado com , , | Deixe um comentário

O que a palavra CLIPPER identificava?

As duas últimas postagens suscitaram uma questão pertinente: o termo inglês CLIPPER era utilizado somente aos abrigos destinados aos passageiros de ônibus, as grafadas PARADAS,  ou se fazia comum às edificações de tipologia parecida que circundavam a Doca do Ver-o-peso? À época não havia a Lei … Continuar lendo

Publicado em Arquitetura e Urbanismo, Belém, Equipamentos urbanos | Marcado com | Deixe um comentário

Estamos na busca de imagens antigas dessa área da cidade…

…Preferencialmente da Padre Prudêncio: a sequência de casas que foram demolidas: entre a Ó de Almeida e a Aristides Lobo. Tal colaboração dos internautas ajudaria muito a continuidade do trabalho relacionado à postagem O passado de Belém emparedado e enterrado. … Continuar lendo

Publicado em Administração | Marcado com , , , | 1 Comentário