Cecilia Giménez, um gênio incompreendido (2)


 “La verdad es que cada cual ha hecho sus versiones de cuadros señeros y nadie ha dicho nada.” (José María Suárez Gallego)

Sobre Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Artes Plásticas e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Cecilia Giménez, um gênio incompreendido (2)

  1. José María Suárez Gallego disse:

    Ciertamente los otros pintores no pintaron sobre el original. Cecilia Giménez sí lo ha hecho.

    • fauitec disse:

      Talvez esse feito demonstre uma maior originalidade para os tempos atuais, “ecologicamente corretos”: Cecilia Giménez reciclou Elías García Martínez, dando ao Jesus Cristo por ele pintado, um conceito supramoderno, muito bem recebido pelas superficiais redes sociais que ora “ditam as regras” do mundo globalizado.
      Sem dúvida Cecília Giménez é mais famosa hoje do que fora Elías García Martínez – ora popularizado por causa dela.
      Possivelmente, dependendo do fluxo informativo entre países não alinhados ao cristianismo, seja ela mais conhecida que o próprio modelo, Jesus Cristo – como foram os Beatles, segundo John Lennon.
      O fenômeno Cecilia colocou a Arte (ocidental), num só movimento, em xeque; coisa que nem os intelectuais dadaístas conseguiram em anos de trabalho.
      Gracias, José María Suárez Gallego, por su participación en el BF.
      HB.

Deixe uma resposta