Categorias
Divulgação

Divulgação/convite à FAU

unnamed (1)

corel982

Categorias
Desenho

Hall do Ateliê — ontem à tarde

dert

dfdrt

nmb

hjlhn

mc

hjg

lklkj


Os trabalhos acima são exemplos às turmas de Representação e Expressão 1 (manhã e tarde) e mostram 5 repetições ordenadas de um signo (módulo) criado a partir de modelo real e vivo sentado em uma carteira escolar antiga: uma aluna (ontem, à tarde).

Categorias
Divulgação

Divulgação

12063656_997634913608724_2904157260858980791_n

Categorias
Homenagem

O Blog da FAU homenageia Daniel Campbell nesta semana

sdesHoje, 27 de outubro, se vivo estivesse, Daniel Campbell já teria completado seus 64 de idade; faleceu no início da noite de um domingo, véspera do Recírio, há 13 anos.
O boton, icônico da rebeldia, vem de uma fotografia de 1974, quando Daniel ainda estudava arquitetura na Universidade Federal do Pará.
A justa razão à homenagem ao professor que dá nome ao auditório da Faculdade é o fato dele, já em 1999 (16 anos passados), preconizar o gerenciamento da comunicação social, via Internet, pelo próprio Departamento de Arquitetura e Urbanismo (DAU), evitando a dependência dos raros web designers da época; para tal (internacionalização virtual) Campbell criou o site do DAU que, infelizmente, não deixou rastros na WEB.
À homepage Daniel concebeu uma logo para o cabeçalho, a mesma que, reformulada pelos professores em 2010, vigora com a nova sigla: FAU (de Faculdade de Arquitetura e Urbanismo).

01-dau

Mais em: A logo da FAU.

Categorias
História História da Arquitetura

Capela do cemitério da Ordem 3ª de São Francisco; por José Sidrim

No domingo dia 03 de outubro de 1915 foi inaugurada a capela do cemitério da Ordem 3ª de São Francisco, situado à travessa José Bonifácio, defronte ao Santa Isabel:

A capella foi construida toda de alvenaria, sob planta do hábil architecto sr. José Sidrin e está dividida em três partes: capella, onde se acha erguido o altar, todo de marmore, e a eça para colocação dos corpos; sachristia e secretaria, com rico e luxuoso mobiliário.
Da parte principal do cemiterio á da capella foi construida uma avenida, toda de mosaicos, erguendo-se no centro artistico cruzeiro de 3,m5
de altura, sobre um pequeno monte tosco.
O cemiterio foi completamente reedificado, recebendo caiação e pintura geraes. Ao fundo da capella há 77 carneiras
para deposito de ossadas, feito de accôrdo com o plano do sr. Sidrin, pelo empreiteiro sr. Antônio Pita.

Referência: Templos Catholicos.

 Templos Catholicos

Ampliável à leitura.

jsc

Imagens recentes da capela:

fsn

Categorias
Divulgação

Divulgação/convite à FAU

10407595_10153771679244047_8022730294447173917_n

Categorias
Divulgação

Divulgação/convite à FAU

12036816_768515979937877_5442262364826333661_n

Categorias
História

Your Safety First – 1956; por George Gordon

Fonte: Internet Archive.

Categorias
Reprodução de notícias

Stremlined Design


Categorias
Estatísticas do Blog da FAU

Estatísticas do BF nos últimos 30 dias

corel960

Categorias
Fotografia antiga

Brazil, child vendors selling to passengers on train at Santa Isabel do Pará station; por Robert Swanton Platt (1935)

corel951corel952corel949 corel950
Fotografias tiradas em 10/10/1935 na estação ferroviária de Santa Izabel-PA (da Estrada de Ferro de Bragança).

Fonte: Digital Collections UWMILWAUKEE.

Colaboração: Igor Pacheco, editor do site Fragmentos de Belém.

Categorias
Arquitetura e Urbanismo Equipamentos urbanos

CLIPPER Nº2 — 15 de Agosto com Boulevard Castilhos França

vxsa

As postagens Clippers – Theodoro Braga confirma suposições do BF e Projeto de CLIPPER comparado ao Taboleiro da Bahiana revelaram o plano arquitetônico, em vista frontal (“frente”), do CLIPPER Nº2 de Belém do Pará e a Folha do Norte assim o noticiou em 17 de fevereiro de 1939:

 “… o senhor prefeito de Belém, resolveu auctorizar a construção de outro, no boulevard Castilhos França, na junção da referida via pública com a avenida 15 de Agosto…” e “… A construção, que terá um vão de 12 metros de cumprimento por 5 de largo, coberto por uma lage de cimento armado, é accrescida por uma pestana de 2 metros, também em cimento armado, sobre a rua, de maneira a permitir aos passageiros tomar qualquer vehiculo, bonde ou omnibus, sem molhar-se. A referida lage, servirá de ‘terasse’, de onde, em dias de festas, as autoridades e convidados, poderão assistir ao desfile de tropas, cortejos, etc…”.

Esse clipper surgiu como novidade às pesquisas do Blog da FAU, daí os questionamentos se ele fora erigido (de fato) ou mudado de situação (e desenho) —  uma possiblidade, já que houve outro abrigo dessa “marca” (clipper) construído na mesma via, defronte ao antigo Galpão Mosqueiro/Soure. (Ver CLIPPER da Castilhos França em 1965)
A dúvida deixou as publicações em aberto, aguardando novas informações imagéticas, até que ontem, o editor do site parceiro Fragmentos de Belém, Igor Pacheco, nos enviou dois postais desses que bailam pela Internet sem nenhuma referência, mas que dão à visão a evolução do espaço e o exato posicionamento do Clipper nº2: “… Fica o mesmo localizado, inteiramente, sobre o passeio do boulevard, concorrendo para o embelezamento do jardim local.” (FN 17/02/1939).

Às imagens com o achado de Igor Pacheco:

jjfpjfjfgjpgfjkfds

A avenida 15 de Agosto é a atual Presidente Vargas; não vista nos postais, mas alinhada ao primeiro plano transversal; longitudinalmente segue-se mirando os jardins e o boulevard Castilhos França à direita, para onde se projetava o Clipper nº2, por isso a escada não é representada na prancha publicada nos jornais.
A primeira foto é certamente anterior ao ano de 1947 quando os bondes pararam de circular em Belém; a outra imagem, tacitamente posterior a notícia de 1939, mostra, além do Clipper nº2, o surgimento do edifício colado à Folha do Norte e o crescimento das árvores.
Permanecemos na busca por outras fotografias que melhor elucidem a forma do Clipper nº2, possivelmente um “novo” exemplo do Streamline Moderne na arquitetura belenense.


Postscriptvm (08/02/2016):

pa2505

A foto acima pertence à Biblioteca do IBGE, contudo: sem autoria e datação; nela se pode ver detalhes da cobertura do Clipper nº2, ponto de vista do fotógrafo.


Postscriptvm (15/04/2016):

CLIPPER Nº2 — percepção da totalidade do equipamento.

Categorias
Artes Gráficas Artes Plásticas

Avenida Paulista; por Emmanuel Nassar

corel945 corel944

Fonte: Instagram.

Categorias
Divulgação

Divulgação

corel943

Categorias
Círio

Memorial gráfico da marca Círio 2015

serer
Não é hábito a publicação de um memorial à marca do Círio; contudo, como o assunto será abordado no último tópico da disciplina Representação e Expressão I, abrimos uma exceção.
Por mais que a pesquisa tenha como base a peculiar culinária paraense e o sincretismo religioso no Brasil, o resultado gráfico (signo) está livre às interpretações, daí: múltiplas e universais — o mecânico e orgânico sinal e a justificada ordenação vetorial de sua repetição reduzem as possiblidades da estampa incorrer em plágio, mesmo que casualmente.
Mas… se nada pode ser identificado sem o auxílio da bula e mesmo assim agrada visualmente, temos um exemplo de design; pelo menos: como novidade gráfica.


Postscriptvm:

Ao pajé Daniel Campbell:cvnm

Referência: foto de 1974.


Postscriptvm 2 (26-out-2015):

cropped-vbnbv2.jpg

Categorias
Círio

E a camiseta do BF Círio 2015 rodou por aí…

Círio 2015

… entre editores, colaboradores e simpatizantes do Projeto.
Quem possuir uma foto vestindo a camiseta é só enviar ao e-mail haroldobaleixe@gmail.com sob o título Foto do BF que o álbum acima será gradativamente ampliado.

Categorias
Círio

Fatos em foco (Círio 2015)

Círio 019Círio 021Círio 022Círio 004Círio 001

Categorias
Círio

Fatos em foco (Moto-romaria 2015)

011 007 006 005002
001

Categorias
Arquitetura e Urbanismo

Projectare nº7

lkjkj
Leia o artigo Arquitetura popular e estética pós-moderna: comparação entre edificações do bairro da Cremação com modelos arquitetônicos dos promesseiros do Círio de Nazaré
Autores:
Lídia J. Basile T. Soares – lbasile87@hotmail.com
Tais Wanderley Sales – tais_sales@hotmail.com
Nildo Costa – ngrcosta@gmail.com
Alex Fabrício de Sá Mendes – afsmendes@live.fr
Wagner Cardoso da Silva – wagnercardoso_@hotmail.com
Cybelle Salvador Miranda – cybelle@ufpa.br
Artur Simões Rozestraten – artur.rozestraten@usp.br
Karina Oliveira Leitão – koleitao@uol.com.br

 Fonte: Projectare nº7.

Categorias
Divulgação

Divulgação

corel934