Museu Paraense Emílio Goeldi; por Waterloo da Silveira Landim

Goeldi
Waterloo da Silveira Landim, arquiteto, diplomado pela Escola Nacional de Bellas Artes da Universidade do Rio de Janeiro, registrado no CREA em 1942 – processo nº6.946.
Lê-se no DOU de novembro de 1951: “Cientificando que, foi inscrito no 1.° grupo da Categoria “C” o arquiteto Waterloo da Silveira Landim, portador da carteira 3.409-D, para funcionar individualmente, com escritório à rua Dipsis, 37 apartamento 302″ (bairro do Rio Comprido-RJ).
Consta no DOU de junho de 1936 que Waterloo fora presidente do Directorio Central de Estudantes:
cO ato do diretor do Departamento de Edificações constante no expediente do dia 07 de dezembro de 1951 publicado no DOU confirma que se trata do mesmo indivíduo:

d

Que desse modo assina o projeto para o Goeldi colocando em evidência que é “eng. architecto pela universidade do rio de janeiro”: URJ

FAU

Fonte da pesquisa do BF: JusBrasil.

Acervo fotográfico professora Celma Chaves de Souza Pont Vidal.


Postscriptvm (09AGO2018):

Museu Paraense Emílio Goeldi; por Waterloo da Silveira Landim (2)

Sobre Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, História e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para Museu Paraense Emílio Goeldi; por Waterloo da Silveira Landim

  1. Bassalo disse:

    O prédio ficaria voltado para a Av. Magalhães Barata? Haveria afastamentos?

Deixe uma resposta