Jus Primae Noctis com o Brasão Original da UFPA

foto HB, Rose Norat e Flávio Nassar com o Brasão Original de Maÿr.

No final da tarde de ontem desembalou-se, na sala de reuniões contigua ao gabinete do Reitor, o Brasão Original da Universidade (Federal) do Pará ─ um guache executado entre 1958 e 1959 por Maÿr Sampaio Fortuna ─ adquirido pelo professor Flávio Nassar, de Luiz Carlos Neves, no Rio de Janeiro.
A descoberta da inusitada oferta no site Mercado Livre foi do Igor Pacheco, editor do Fragmentos de Belém, parceiro do BF.
Flávio comprou a peça por menos de 400 Reais, em “suaves prestações”, graças à sensibilidade do vendedor, que não especulou diante da importância histórica que a pintura tem para a UFPA.
O pacote chegou pela manhã, mas Flávio cedeu o Jus Primae Noctis ─ no latim do próprio Flávioao editor do BF que, junto com a professora Rose Norat, comprovou as perfeitas condições da têmpera sobre papel colado em eucatex que segue em fotografia feita por celular:

ok

O informal acontecimento registrado pelo i-Phone do Flávio Nassar.

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Artes Plásticas, História, Memória e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Jus Primae Noctis com o Brasão Original da UFPA

  1. José Maria disse:

    Fantástico! Sei que é uma frase cliché, mas se aplica “foi uma descoberta sem precedentes”.

  2. Luiz Neves disse:

    Senti daqui do Rio de Janeiro a emoção.

Deixe uma resposta