Categorias
Arqueologia Arquitetura e Urbanismo

A localização dos Portugueses Carregadores de Pianos

cvbn 28deSETEMBRO

O arqueólogo e pesquisador do Museu Paraense Emílio Goeldi, Fernando Luiz Tavares Marques, pelo WhatsApp, disse: “Estava vendo o vídeo dos Portugueses Carregadores de Pianos. Parece na Padre Prudêncio, na Campina.”; não deu outra, pelo que se apurou ontem, há evidências imagéticas suficientes que confirmam o dito.
O BF agradece ao Fernando pela inestimável contribuição!

__________________________
Postscriptvm (em 07/01/2014):

1485889_519159158181983_587788856_oVista dos sobrados Bon Marché (tecidos) e Casa Carvalhaes (bebidas e gêneros alimentícios importados) – este último na perpendicular da Padre Prudêncio com a Santo Antonio.

Fonte da imagem: Belém da saudade:
a memória da Belém do início do século em cartões-postais.
Belém, Secult, 2004.

Para melhor compreensão desta postagem ver Os lendários portugueses carregadores de pianos – 1932.

__________________________
Postscriptvm (em 16/01/2014):

O professor Fabiano Homobono enviou ao Blog da FAU a correção da foto de satélite do Google Earth, lembrando que a Padre Prudêncio é a fronteira entre a 13 de Maio e a 28 de Setembro; havíamos colocado a nomenclatura 13 de Maio na extensão da via.
Outro questionamento pertinente do professor Fabiano é se a Casa Mattos ocupava todo o prédio da esquina ou apenas as duas primeiras entradas que se projetam à Padre Prudêncio; analisando a imagem seguinte, é provável, pelos toldos abaixo das bandeiras dessas portas e pela placa entre e acima delas, que ele esteja certíssimo, o que mudaria a localização para Padre Prudêncio próximo à 13 de Maio e não exatamente na “esquina” como antes dito.

fghj

Por o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010.
Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012.
Coordenação: professor Haroldo Baleixe.

Uma resposta em “A localização dos Portugueses Carregadores de Pianos”

Obra do destino. Acabei descobrindo estes dias que meu bisavô era um português cujo ofício era: Carregador de Pianos.

Deixe uma resposta