Nova foto do segundo farol de Salinas inaugurado em 1916

Ampliável à percepção de detalhes

A fotografia acima, possivelmente dos anos 1920, pertenceu ao arquiteto José Sidrim e foi gentilmente cedida por sua neta: Ana Léa Nassar Matos, professora da FAU-UFPA.
Permanece-se na coleta de material fiável à História desse farol que substituiu,  com sua inauguração em 1916, o Farol Velho de alvenaria na Ponta do Atalaia.
A imagem mostra pilares de concreto, em uma base de alvenaria aparentemente circular, à atracação das columnas tubulares e esteios de rosca (systema Mitchell); apesar de se supor, anteriormente, que a torre estivesse assentada sobre um radier amarrado ao sub-solo por cabos (ou tubos ou correntes) e parafusos metálicos como também propunha, em um de seus inventos patenteado sob o n°3986 no United States Patent Office em 01ABR1845, o engenheiro civil irlandês Alexander Mitchell à estabilidade dessas estruturas em terrenos movediços.


A diferença entre o segundo e terceiro faróis das Salinas:

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória, Patrimônio e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta