O Grande Ditador (1940); por Charlie Chaplin

Durante a Primeira Guerra Mundial, um barbeiro judeu que luta pela fictícia República da Tomânia é ferido em ação e acaba internado num hospital com amnésia. Anos depois ele ganha alta e, sem saber o que aconteceu após a guerra, depara-se com um país tomado pelo fascismo, onde o ditador Adenoyd Hynkel governa com mão de ferro perseguindo os judeus. Ironicamente, o barbeiro é sósia do poderoso governante da nação. (Filmow)

Esse post foi publicado em Arquitetura e Urbanismo, Cinema, Fotografia, História e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s