Alô, Alô CONSUN e Reitor: cadê o Teixeira Lott?

Recorte do depoimento de Chico Buarque concedido à TV 247 em 12 de junho de 2021

“O que havia de dignidade, e havia, se conhecia histórias de grandes militares, dignos, um Teixeira Lott…” é a frase a qual se dá destaque em legenda no recorte do audiovisual retirado do canal Cortes 247: um depoimento do cantor e compositor Chico Buarque de Holanda sobre um possível retorno à ditadura instalada no Brasil a partir do Golpe Militar de 1964 que se tornaria intolerante com o Ato Institucional n°05 de 13 de dezembro de 1968.
Chico Buarque, sabe-se, foi combativo ao Estado de Exceção com canções como Samba de Orly, Apesar de Você e Cálice – dentre outras.
O marechal Henrique Batista Duffles Teixeira Lott (1894-1984) recebeu do reitor Mário Braga Henriques o primeiro título honorífico outorgado pela Universidade (Federal) do Pará em 27 de março de 1960 no auditório da Sociedade Artística Internacional diante da Assembleia Universitária; todavia, seu nome não consta da lista de Títulos Honoríficos Outorgados no site da SEGE – Secretaria-geral dos Conselhos Superiores Deliberativos da UFPA.

Clique sobre a foto para ler a notícia completa

Mais de Teixeira Lott no Laboratório Virtual da FAU.
Jingles da campanha à presidência do Brasil em 1960: chapa Lott/Jango.

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Música, Política e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para Alô, Alô CONSUN e Reitor: cadê o Teixeira Lott?

  1. Doroty A. Meira disse:

    Não só Teixeira Lott está fora da lista da SEGE, mas Costa e Silva também. Permanecem nela Médice e Jarbas Passarinho. Se esses dois últimos estão, o justo seria que os dois primeiros a compusessem pro bem ou pro mal.

Deixe uma resposta para Doroty A. Meira Cancelar resposta