Violência urbana em Belém atinge a FAU

Ontem, sábado, por volta das 22 horas, a filha do professor Jorge Eiró foi baleada no tórax em uma possível tentativa de assalto.
Nada se sabe das circuntâncias do ocorrido pois Marina Eiró, de 21 anos, recentemente graduada em publicidade e propaganda, está internada na UTI do Hospital Adventista de Belém em estado de inconsciência.
Marina, que estava sozinha, depois de atingida pelo tiro, permaneceu guiando o automóvel até colidi-lo; foi socorrida por motociclistas que chamaram a ambulância do SAMU que, após verificação de documentos, a levou ao hospital de seu plano de saúde.

Sobre Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para Violência urbana em Belém atinge a FAU

  1. André Oliveira disse:

    Infelizmente somos reféns da violência cada vez maior na cidade de Belém. Mas tenho certeza que tão logo Marina estará recuperada.

Deixe uma resposta