Sobre dúvidas

A edição n°52 do jornal Beira do Rio do ano de 2007 ilustra a matéria Benedito Nunes e a primeira greve na UFPA com uma fotografia da antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras.
Questionamentos sobre essa imagem geraram a postagem Passado e presente no Blog da Fau.
A professora e escritora Célia Coelho Bassalo, que ingressou naquela Faculdade no final dos anos 1960, tem fortes lembranças do gradil com motivos  Art Nouveau e estabeleceu um cisma tanto com a publicação do jornal da UFPA, quanto com seu marido, o engenheiro civil e físico José Maria Filardo Bassalo, que, ao elucidar a outra dúvida do BF, acabou por avalizar a foto do Beira do Rio como sendo da FFCL.
Os docentes aposentados da UFPA, Célia e José Maria, pais de nosso colega e amigo José Maria Coelho Bassalo, são colaboradores efetivos do Blog da FAU.
Célia aponta outra edificação situada na mesma avenida Generalissímo Deodoro, defronte ao espaço vazio do demolido Instituto Hidroterápico, como sede da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras; aqui registrada por JMCB.
Soubemos pela jornalista Edna Frazão, atual acessora de comunicação da PROAD que trabalhou no Beira do Rio, que tal acervo fotográfico material está desaparecido (eufemismo esperançoso), restando apenas as reproduções impressas e as digitalizações destas; portanto, seria impossível a ele recorrer e verificar o que fora “rejeitado” naquela editoração.
Os prédios, na realidade, guardam semelhanças e, pelo poder institucional de seus inquilinos, permanecem íntegros em suas linhas originais; casos raros diante do patrimônio arquitetônico remanescente da Cidade.
Como estamos coletivamente diante de uma boa charada – combustível que nos move -, o professor José Maria Filardo Bassalo, “intrigado”, entrou em contato com outros dois egressos da Faculdade de Filosodia: Manoel Moutinho e Rui Barbosa.
O professor Manoel Moutinho, primeiro Reitor da UEPA, lhe disse que a casa pertencera ao professor Antônio Gomes Moreira Júnior e fora doada em 1966 ao Governo do Estado que intencionava criar a Universidade do Estado.
Essa informação, por ora, ainda não esclarece qual das casas abrigou a FFCL, contudo, um outro caso veio à tona: a existência de um livro inédito, datilografado em dois volumes, escrito pelo professor Moreira Júnior, que está sob a guarda do professor Manoel Moutinho.
Essa brochura, que conta a história da Fundação Educacional Visconde de Souza Franco e seus desdobramentos, com toda certeza, é um tesouro que carece de publicação.
É intenção de Moutinho e um grupo de intelectuais oficializar a importância de Antônio Gomes Moreira Júnior à educação superior no Pará.
Eidorfe Moreira traçou um perfil do primeiro decênio da Universidade Federal do Pará em seu livro Para a historia da UFPA,  pobre em ilustrações, mas inventariante do nº413 da Generalíssimo Deodoro como endereço da FFCL da U(F)PA; esperamos que o material deixado por Moreira Júnior tenha uma edição caprichada que supra a necessidade iconográfica dos tempos atuais.

O levantamento dos prédios ocupados pela UFPA feito por Eidorfe Moreira na década de 1970:


Imagem ampliável à leitura.

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta