Utlidade pública: golpe via celular


Essa “inocente” mensagem pode esconder uma armação criminosa: alguém fica com pena da “garotinha” (Vitória) e resolve ligar para ela só para dizer que a mensagem foi enviada ao destinatário errado, ou seja, não fora lida por sua mãe.
(Curioso é como uma mãe desconhece o número da filha, ao ponto da “menina” citá-lo no corpo do texto.)
É uma oportunidade de estabelecer uma conversa “casual” entre a possível vítima e os bandidos, fazendo com que a incauta interlocutora forneça dados que facilitem um assalto, um sequestro real ou mesmo falso de um de seus filhos — o apelo parece surtir mais efeito entre as mulheres genetrizes.
Diferente do que aqui publicamos como Humor Acadêmico, a mensagem não vem de um presídio de Fortaleza como de hábito, mas de Belém mesmo.
A Polícia Militar do Estado do Pará já está avisada dessa “novidade”.

Sobre Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Utilidade Pública e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta