Categorias
Arquitetura e Urbanismo

Círio — as 10 estampas veiculadas entre 2010 e 2019 no LV


Acesse o histórico de cada marca pelas URL’s em azul

Acima temos as 10 estampas veiculadas entre 2010 e 2019 por ocasião das festividades do Círio de Nossa Senhora de Nazaré (do Desterro) produzidas por turmas de Representação e Expressão I e/ou II especialmente para o Laboratório Virtual (antigo Blog da FAU).
Sempre como atividade de extensão às turmas para produção de bancos de imagens públicos que vão além de 10 representação gráficas anuais na temática Círio/Cultura; ou seja: em 2010: 2; em 2011: 12; em 2012: 12; em 2013: 12; em 2014: 12; em 2015: 1 (greve — sem participação estudantil); em 2016: 12; em 2017: 4; em 2018: 4; e, em 2019: 14 animações (número superior em fotogramas).
Só pelo viés Círio se alcançou 105 estampas em 10 eventos — verifique no pdf o histórico de cada um deles.


A única imagem (colorida pelo reggae) que não figurou em camisetas foi a de 2010: serviu apenas como selo comemorativo do Círio daquele ano; entretanto,  em 2012, foi plagiada por uma marca de jeans — um caso que se arrasta na justiça pela autora, na época aluna.


Houve estampas não vencedoras que foram impressas em camisetas ou por atitude dos alunos e/ou dos professores; estamos providenciando um painel cronológico com todas (as marginais ao processo), aguardem.


Postscriptvm em 24OUT2021:

Cometemos um equivoco no painel sobre a marca de 2016: na realidade, diante de uma disputa acirrada, a marca vencedora foi desenhada por Khalil Negrão Rodrigues Morhy:

A estampa do edifício Manoel Pinto e a da “motoca” foram bastante impressas (serigraficamente) e comercializadas por seus autores.
Parabéns a ambos: Khalil e Ariel, por suas criações.

Por o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010.
Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012.
Coordenação: professor Haroldo Baleixe.

Deixe uma resposta