Palacete do Barão de Guamá quase pertenceu à UFPA

Na postagem O acervo fotográfico não identificado da BC/UFPA foram feitos os seguintes questionamentos:

corel332

O colaborador José Maria de Castro Abreu Júnior nos forneceu a respota por meio de documentos:

Prédio CodemFonte: FEITOSA, J.A. Dantas. (Documentarista). A educação no Pará: Documentário. Belém, SEDUC, 1987 s.n.

Curiosamente a Universidade (do Pará, só teria o Federal a partir de 1965)  não ficou com o Palacete do Barão de Guamá; mas, mais tarde, construiria o Campus Universitário do Guamá – nomenclatura que jamais deveria ser modificada sem consulta prévia à comunidade universitária –:

corel331

Fonte: IPHAN.


Postscriptvm (17/10/2014):

Professor José Maria Filardo Bassalo por e-mail:
“– Eu comecei a trabalhar nele, pelo então criado SMER (depois, DMER e hoje Sesan), em 1954.”.

Sobre Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, História, Reprodução de artigos e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas para Palacete do Barão de Guamá quase pertenceu à UFPA

  1. Muito bom o esclarecimento a respeito desse prédio histórico. Parabéns, amigo.

  2. Aristoteles Miranda disse:

    Baleixe,
    vamos fazer uma “campanha” pela história/construção do prédio da Faculdade de Medicina (Praça Santa Luzia) e do antigo Grupo Escolar Barão do Rio Branco (Generalissimo com Braz).
    O autor do projeto é o mesmo?
    Quando foram construidos?
    Em 1901 já havia o da Sta Luzia.
    E o Barão?

Deixe uma resposta