LIBERDADE DE EXPRESSÃO, UMA REFLEXÃO

1926860_605537292861456_726760135_nNas democracias modernas há um direito inalienável que é a liberdade de expressão. Consiste em suporte vital na vida cotidiana e, sobretudo, na vida acadêmica.
A Universidade representa, por excelência, espaço da discutibilidade de ideias, opiniões, propostas, ações, com destaque para aquelas diferentes e contrárias em termos pessoais ou sociais. Toda diversidade de ideias deve ser recebida, por parte de docentes e discentes, com respeito mútuo, com base em argumentos, conceitos, fatos e dados que expressam, unicamente o fundamento dos atos referentes ao questionar, problematizar, duvidar, debater, específicos do fazer universitário.
É lamentável constatar a ação de professores e alunos que optam pelo achincalhe, zombaria, quando deparam-se com alunos e colegas que expressam ideias contrárias, ou quando esses apenas manifestam dúvidas a respeito de posicionamento técnico-científico de obras públicas, como atividade componente da formação do arquiteto urbanista.
Para que a discutibilidade se torne presente em nossa postura de educadores é necessário optar, sempre por um debate livre, aberto e respeitoso, o qual deve pautar o exercício de todo profissional que tem como critério sócio-político a cidadania plena, sem preconceitos e tiranias de opinião.
Creio que, devemos rejeitar, com veemência, toda ação contrária a uma universidade livre e democrática, cuja prática social contemple em todas as situações a LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
PELO DEBATE VIGOROSO E RESPEITOSO ENTRE PROFESSORES E ALUNOS DA UNIVERSDIDADE FEDERAL DO PARÁ, EM ESPECIAL, NA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO.
Belém, 13 de Abril de 2015
Profa. CECÍLIA GERALDES BASILE

Esse post foi publicado em Arquitetura e Urbanismo, Opinião e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para LIBERDADE DE EXPRESSÃO, UMA REFLEXÃO

  1. Ruan disse:

    Cecília reina.

  2. adriano vital disse:

    O “engraçado”, se é que podemos achar graça disso, na UFPA, não temos visto a COOPERATIVIDADE entre cursos e até mesmo, entre docentes e discentes.
    Um local, um ESPAÇO para formar cidadãos, compartilhar, RESPEITAR e APRIMORAR as idéias, para possíveis soluções dos problemas e complexidades do nosso meio, vemos discente e também, docentes, segregados, compactuados, grupos fechados, que nas maioria das vezes acabam perdendo oportunidades de expansão do conhecimento e compatilhamento de ideias.
    Uma Universidade em tese, deveria ser mais UNIFICADA, COMPARILHADA, entre todos, entre cursos e os seus componentes.
    Sem o compartilhamento, o espaço, o debate aberto, livre, democratico, não há expansão, não há renovação de conceitos, não há transformação na sociedade.
    EU VEJO A FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO, ainda muito DIVIDIDA (sem integração) muito SEGREGADA, que não se expande, para alem do prédio, um curso que temos que ter percepitividade, sensibilidade não consegue agregar e conviver com todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s