A similitude entre a Sucursal dos Bombeiros (1906) e o Mercado da Cremação (1933)

1906-1936 Similituda de obras

Ampliável por clique

Na publicação anterior falamos na parecença entre dois edifícios públicos inaugurados pela municipalidade de Belém com uma diferença de quase três décadas: 27 anos.
O primeiro, pronto em 1906 como Sucursal do Corpo de Bombeiros Municipais, foi projetado pelo engenheiro Domingos Acatauassú Nunes pertencente à Secção de Obras da Intendencia e fiscal da construcção executada pelo, também engenheiro, Francisco Bolonha. (Relatório Lemos 1906 – páginas 255 e 256)
Do inaugurado em 1933 como Mercado Municipal da Cremação ainda não possuímos documentação escrita que confirme igual atuação de Domingos Acatauassú Nunes e Francisco Bolonha na obra; contudo, a própria edificação, por sua semelhança à pretérita, parece servir à comprovação inequívoca.
Em Os kiosques de cimento armado no Ver-o-peso seriam de Francisco Bolonha? suspeitamos da efetiva participação de Francisco Bolonha na reconstrução de quiosques na primeira interventoria de Magalhães Barata; naquela publicação clarificou-se a intimidade de Francisco Bolonha com o poder instituído pela Revolução de 1930 no Pará a propósito da modernização revolucionária da Cidade.
Um outro dado que corrobora tal hipótese são as indicações de Magalhães Barata à direção da recém fundada (1931) Escola de Engenharia do Pará: Domingos Acatauassú Nunes foi o segundo diretor (primeiro vice) da instituição estadual em 1933 e Francisco Bolonha o terceiro, em 1935, falecendo na função em 1938. (História do Instituto de Tecnologia da UFPA)

Nota: a fotografia da esquerda mostra o prédio da Sucursal dos Bombeiros, hoje Comando de Missões Especiais da PM; a da direita: o Mercado da Cremação demolido provavelmente no final dos anos 1960, no local há uma escola municipal.

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, História. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta