Vila Operária da São Miguel (1933) — especulação de localização

Vila Operária da São Miguel2

A página 17 da Noite Ilustrada de 28 de junho de 1933 traz as duas imagens acima retificadas para melhor compreensão: são tomadas da inauguração da Vila Operária que acreditamos localizar-se, à época, na São Miguel, entre a 22 de Junho (Alcindo Cacela) e a 9 de Janeiro — área que hoje compõe a praça Dalcídio Jurandir.
Considerando que no canto superior esquerdo da fotografia debaixo se veja a chaminé do Forno da Cremação, especulou-se um ponto de vista plausível:

Vila Operária especulação3
Nada disso significa certeza nem se possui, por ora, conhecimento da configuração da vila: se lá havia uma ou mais fileiras de casas ou padrões à qualificação destas (o que sugere a foto do topo); já que se percebe uma impressão de pórtico (?) com alguma inscrição no centro do conjunto (simétrico?) com diversas fachadas geminadas, supõem-se alinhadas pela São Miguel desde a área dos fundos do mercado até a 9 de Janeiro.
Uma nota do jornal O Liberal de 25 de janeiro de 1951 mostra que as casas foram vendidas aos servidores da Prefeitura Municipal de Belém, como no caso do senhor Abrahão Gomes da Silva, diarista do Departamento da Limpeza Pública:

sde4
Considerando o raciocínio da postagem anterior [A similitude entre a Sucursal dos Bombeiros (1906) e o Mercado da Cremação (1933)] surge um questionamento: a Vila Operária São Miguel teria alguma correlação com a Vila Operária Bolonha?
Esta publicação ficará aberta à participação dos internautas já que não se tem noção do processo de desapropriação da Vila Operária, nem mesmo se o raciocínio imagético aqui proposto procede.


Postscriptvm:

corel310
A aerofotografia de 1955, vinte e dois anos após a inauguração da Vila Operária, poderia nos dar algumas respostas; desde que: tecnicamente interpretada — se possível, já que o foco e a definição pouco ajudam.


Postscriptvm 2:

Uma nota do relatório de Alberto Engelhard, prefeito de Belém entre 5 de agosto de 1943 e 6 de novembro de 1945, publicada em O Liberal de 02 de junho de 1947:

O Liberal 02-JUN-1947


Postscriptvm 3:

A aerofotografia de 1955 confirma o alinhamento raciocinado em  Mercado da Cremação (1933).

Esse post foi publicado em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, História, Memória e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Vila Operária da São Miguel (1933) — especulação de localização

  1. Paulo Andrade disse:

    Relação direta entre a Vila Operária da Cremação e a Vila Operária Bolonha certamente não havia. Mas conceitualmente parece que ambas foram inspiradas nas vilas operárias e cortiços de São Paulo no boom do café e com a chegada maciça de emigrantes nos anos 1890-1910, quando predominou a ação sanitarista autoritária ali ocorrida. Um bom começo para entender o aparecimento dessas habitações se encontram no livro – tese de Nabil Bonduki “Origens da habitação social no Brasil” (Editora Estação Liberdade, São Paulo – SP, 2002343 p.).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s