Lazarópolis do Tucunduba — tentativa de configuração ilustrada 4

Panorâmica  do Asylo do Tucunduba a partir de informações textuais e gráficas de Souza Araújo:

Ampliável aos detalhes

O croqui de Souza Araújo, feito em 1922 sobre mapa de Theodoro Braga, não representa o inexistente: a abertura da Barão de Igarapé Miri só ocorreria entre 1925 e 1928 com seu prolongamento além do pórtico propiciando construções novas em sua margem direita, passando na esquerda pelos fundos da fileira de casinhas que seriam desmontadas ou incendiadas em 1938 — o desaparecimento dos casebres e da primitiva enfermaria 3 deixaria o seguinte cenário  à esquerda da Barão em 1945:

Ampliável sem interferências gráficas

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Coordenação: Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, História, Memória, Patrimônio e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta