Amador, Zélia

“Amador, Zélia” é um curta-metragem que narra a trajetória da educadora, artista, pensadora e ativista Zélia Amador de Deus, respeitada professora da Universidade Federal do Pará (UFPA). Mesclando lembranças pessoais, imagens de arquivo, encenação e ilustrações, traz os contextos históricos do Pará a partir, principalmente, da eclosão dos eventos da década de 1960, com a implantação do regime militar, ascensão dos movimentos estudantis, do teatro alternativo e do surgimento dos movimentos pelos direitos humanos. Em todo esse cenário Zélia, uma mulher negra, oriunda da periferia – primeiro do interior do Marajó, depois para a periferia urbana de Belém – foi partícipe e protagonista. Zélia é referência e este curta é uma reverência ao que ela representa na sociedade paraense e brasileira. Este projeto foi executado através do Edital de Audiovisual – LEI ALDIR BLANC PARÁ 2020, via Secult/Pará. Saiba mais sobre o projeto em: http://www.amadorzeliaocurta.com.br @amadorzelia.ocurta

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Audiovisual e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta