Divulgação/convite à FAU

O DPHAC/ SECULT, através de seu Programa de Educação Patrimonial, inaugurou, no mês de março, o Projeto Diálogos com o Patrimônio: Valorizando Memórias e Construindo a Cidadania Cultural, que objetiva realizar um evento de periodicidade mensal, estabelecer diálogo com diversos segmentos da sociedade, como recurso de aproximação deste público junto ao DPHAC para desenvolvimento de estratégias, abordagens e reflexões sobre a realidade paraense.
De abrangência para Belém e municípios do PAC das Cidades Históricas indiretamente (Santarém, Belterra, Aveiro, Óbidos, Vigia, Afuá, Cametá, Bragança, na forma de convidados para a programação em Belém), acontecerá toda última semana do mês, no Museu Histórico do Pará, sendo que cada mês um tema de interesse para o patrimônio entra em pauta, com diferentes convidados de instituições parceiras, da sociedade civil, dialogando com um técnico do DPHAC, seguido de abertura aos debates com os presentes.
Público-alvo:
Instituições de Governo, Instituições de Ensino e Instituições de Pesquisa, Secretarias Municipais de Educação, Cultura, Turismo e Meio Ambiente, moradores e trabalhadores de centros históricos, agentes de cultura, e representantes da sociedade civil organizada interessados em patrimônio cultural.
Para o mês de abril, o tema será
“Novas Dimensões da Educação Patrimonial: Experiências Amazônicas”.
Dia 23/04, no horário de 15 às 17h
Local: Museu Histórico do Estado do Pará (MHEP) – Palácio Lauro Sodré, Pça. D. Pedro II, s/n, Cidade Velha
Expositores:
Sabrina Campos Costa, bacharel em Turismo e Gestora Empresarial, é MBA em Planejamento e Marketing Turístico e Especialista em Arqueologia, tendo atuando com web jornalismo turístico, consultoria empresarial, planejamento e infra-estrutura turística. É docente da Especialização em Patrimônio Cultural e Educação Patrimonial da FIBRA e técnica em gestão cultural do Departamento de Patrimônio Artístico e Cultural da SECULT. Pesquisa sobre turismo arqueológico, cinema como marketing turístico, turismo cultural e educação patrimonial.
Lílian Panachuk formou-se em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais em 2004, atuando, desde 1997 na pesquisa sobre arqueologia brasileira em colaboração com a equipe do Setor de Arqueologia do Museu de História Natural e Jardim Botânico. Iniciou sua participação na Scientia Consultoria Científica, no âmbito do licenciamento ambiental, em 2005; e em 2007 inicia suas pesquisas na Amazônia. Em 2012 obteve a titulação de mestre em arqueologia no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo com pesquisa sobre o licenciamento ambiental na Amazônia e seus desdobramentos aplicados à educação patrimonial.
Zenaide Pereira de Paiva possui graduação em Educação Artística – Habilitação Desenho, e Especialização em Teorias, Políticas e Práticas Curriculares. Atuou como coordenadora/educadora do Programa de Educação Patrimonial nos projetos Salobo, realizado no município de Parauapebas, Bauxita de Paragominas/PA, realizado nos municípios de Abaetetuba e Moju, e Serra do Sossego, realizado em Canaã dos Carajá,s pelo Museu Paraense Emílio Goeldi. É Técnica em Gestão Cultural – Coordenadora de Educação e Extensão, do Sistema Integrado de Museus e Memoriais da Secretaria de Estado de Cultura, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de arte, educação patrimonial.
Michel Pinho é formado em História pela UFPa. Começou a fotografar nas oficinas da Fotoativa. Participou do Salão Arte Pará como convidado, ganhou prêmio do Estado no Salão da Vida, foi contemplado pela Bolsa de Pesquisa e Criação Artística do IAP (Instituto de Arte do Estado do Pará) com o projeto Murografia. Participou de coletivas na França, Bélgica. Suas obras estão nos acervos da Fundação Tancredo Neves em Belém e Foto-arte de Brasília. Em 2007 teve seu vídeoarte PAI foi exibido no festival Guarnicê. Entre 2006 e 2011, fez parte da diretoria da Associação Fotoativa como secretario executivo, vice presidente e presidente. Desenvolveu e coordenou jornadas fotográficas, cursos, criou editais de incentivos a áudio visuais e planejou e executou o projeto “Ver-te Belém Histórica”, projeto premiado pelo edital do Ministério da Cultura. Na sua gestão a Associação fotoativa executou duas versões consecutivas do projeto Pontos de Cultura do governo federal, a convite do IPHAN, Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico Nacional. É mestrando em Arte e cultura na Unama (Universidade da Amazônia).
Janice Lima é graduada em Física pela Universidade Federal do Ceará, Especialista em Inter Relações Arte Escola pela Universidade Federal do Pará e Mestre em Educação Políticas Públicas pela Universidade Federal do Pará. É coordenadora, professora e pesquisadora do curso de Artes Visuais e Tecnologia da Imagem da Unama. Vem elaborando e coordenando programas de educação patrimonial no Museu Paraense Emílio Goeldi desde 2002 vinculados a projetos de prospecção e salvamento arqueológico no Pará.

AJUDE A DIVULGAR ESTE EVENTO
Sabrina Campos
Turismóloga/Gestora Empresarial
Esp. em Arqueologia/MBA em Planejamento e Marketing Turístico
http://belamazonia.blogspot.com.br
Secretaria de Estado de Cultura
Departamento do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural
Praça D. Pedro II s/nº – Palácio Lauro Sodré 66.320-310 -Belém – Pa
Fone:91-4009 9842

E-mail enviado por Cláudia Nascimento
Arquiteta e Urbanista – SECULT/PA .

Esse post foi publicado em Administração e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s