Analisando fotos antigas do Facebook



Não é raro o BF catar fotografias antigas na rede social Facebook; a comunidade Nostalgia Belém já está famosa por tornar públicas raridades da Cidade, o que é profícuo a todos.
Talvez tenha sido difícil, para muitos, localizar o ponto de vista da foto do posto de combustível que ficava onde hoje está o “Chapéu do Barata”, portanto, tentamos aqui demarcá-lo com a ajuda do professor Jorge Eiró, também morador da redondeza, à época: “Essa perspectiva é do Terminal Rodoviário; observa que já havia o estacionamento em frente, junto à Praça do Operário.”
O Terminal Rodoviário foi construído e inaugurado no governo de Alacid Nunes (1966/1971); a panorâmica do acervo do professor José Maria de Castro Abreu Júnior mostra o Terminal inacabado, antes de receber o piso nos vãos do fundo (o que não quer dizer absolutamente nada, porque inaugura-se coisas, antes de pontas, até hoje, no Município); já a fotografia da Nostalgia é posterior ao lançamento do Volkswagen Brasília (1973).
A curiosidade da última imagem é a permanência da edificação antiga, portanto, segue o depoimento do Eiró: “Ao fundo é aquele casarão onde funcionava a escolinha das ‘Irmãs Collares’, onde estudei o primário, até a 4ª série em 1970; depois as ‘irmãs’ venderam o prédio e a escolinha passou a funcionar numa dessas casas ao lado; o supermercado Almirante se instalou ali no início dos anos 70, talvez 72 ou 73; a reforma que destruiu o casarão só veio mais tarde…”.
Colado ao posto de gasolina, como aparece na foto do José Maria, havia um lava a jato de pé-direito alto, próprio para ônibus, que emporcalhava o lugar; esse deveria ser visto pelo ângulo da Nostalgia, mas, possivelmente, já tinha ido ao chão.
Jorge complementa, puxando pela memória: “À esquerda, ao alto, aparece aquele hotel (acho que era Hotel Terminal…), que tinha um bar no térreo onde a gente tomava umas geladas…bem na pontinha, no alto, à esquerda, já aparece o Sagres…”
Resta-nos coletar o depoimento do professor Stélio Santa Rosa, autor do Monumento ao Barata.

Esse post foi publicado em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Fotografia antiga e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Analisando fotos antigas do Facebook

  1. Paulo Brasil disse:

    “Catar” fotografias sem dar o devido crédito não é bacana…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s