UFPA: a INUTILIDADE DA ARTE em Acácio Sobral

zxzxw
Imagens linkadas à matéria Desmonte de obra de Acácio Sobral na UFPA provoca polêmica, publicada em 27/02/2013, no G1 Pará.

ScreenHunter_24 Mar. 06 01.20 Imagem-link à matéria de ontem do Diário do Pará.

Olho d'águaA obra de Acácio Sobral: o desenho orgânico, visto do céu, era uma das razões do vasto entorno; com o deslocamento sua existência perde sentido e significado.

LBUM_O~1

Imagem ilustrativa da postagem UFPA: o Olho (d’Água) de Acácio Sobral., publicada no BLOG HB em 2 de julho de 2009, por ocasião da inauguração do monumento que, em menos de quatro anos, foi arredado de seu propósito físico e filosófico.
Profecia?
Não: evidências.

Foto (07/03/2013) da remontagem da instalação de Acácio defronte ao tapume que guardará a obra BL. SALA DE AULA, um prédio de 5 pavimentos com 20 milhões do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni):

20130307_132212

_______________________________

Conteúdo do documento veiculado pelo site PETIÇÃO PÚBLICA:

Abaixo-assinado “Olho D’água” de Acácio Sobral, pela remontagem no local original
Para: Reitoria da UFPA
“Definida como uma pintura em 3D, uma instalação de sitio específico, feita especialmente para o espaço onde foi instalada. Para mim, o que caracteriza a Universidade é a sua relação com os fluxos de água com os rios, com a chuva e com a floresta. A escultura é sinuosa para representar os movimentos da água e ela se alonga e ramifica até o chão. No centro não temos água, mas uma árvore, porque a UFPA é uma nascente, uma nascente do conhecimento sempre crescente”, explica o artista Acacio Sobral, sobre a obra desmontada recentemente pela atual administração da UFPA, revelando o descaso com o bem público, mas principalmente com a produção artística do Estado do Pará. Revelando o descompromisso com a arte, pois a obra foi desmontada sem consulta à família do artista, e nem tampouco com à comunidade artistica. A obra é sua espacialidade, não é somente a estrutura mas também os seus caminhos, organizados pelo artista para refletir o fluxo das águas. Portanto, reivindicamos a remontagem da obra no espaço-tempo proposto por Acácio Sobral.
Os signatários.

Para assinar o manifesto basta acessar a Petição Pública P2013N36689.

_______________________________

A autora do abaixo-assinado é a artista plástica Keila Sobral, sobrinha de Acácio Sobral, advogado e consagrado artista plástico paraense falecido em 24 de novembro de 2009.

Esse post foi publicado em Arquitetura e Urbanismo, Artes Plásticas, Equipamentos urbanos, Patrimônio, Plano Diretor UFPA e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para UFPA: a INUTILIDADE DA ARTE em Acácio Sobral

  1. Jorge Azevedo disse:

    Nem imaginava que tivesse um desenho para ser visto do céu.
    Que absurdo uma Universidade Federal fazer coisas desse tipo desrespeitando um artista conhecido no Pará, no Brasil e no mundo.
    É um reitor destruindo a obra de outro reitor como acontece na PMB e no Estado, quem perde é o contribuinte que paga a conta dessas vinganças.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s