Belém — a Planta de 1881 e as vias republicanas de 1890

Ampliável à leitura

Os planos isolados que possibilitaram a colagem à carta topográfica levantada pelo engenheiro civil inglês Edmund Compton em 1881 foram gentilmente cedidos pela professora Roseane da Conceição Norat.
Edmund Compton inauguraria o encanamento e distribuição de água potável em Belém no ano de 1883 como concessionário de tal serviço pela Companhia das Águas do Gram-Pará que passou a utilizar os mananciais do Utinga (Falla do General Visconde de Maracajú 07JAN1884).
Observar que Compton define a localização do tanque n°1 em São Brás (Estrada da Independência esquina com José Bonifácio) e o n°2 no canto da Dom Romualdo de Seixas com a João Balbi, sinalizando que o trabalho de 1881 teve como propósito a obtenção do contrato; assim, acredita-se na possibilidade da existência de mapa complementar que represente a Estrada de Bragança e os terrenos do Utinga.


Leia, nos relatórios provinciais (1858-84), alguns estudos e ideias pretéritos à canalização das águas em Belém que somente em 1883 obteve êxito.

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Coordenação: Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta