1940 — o “novo” Goeldi de Waterloo da Silveira Landim (2)

Em 1940 — o “novo” Goeldi de Waterloo da Silveira Landim procedeu-se a virtualização conceitual do projeto concebido por Waterloo da Silveira Landim referenciada pelo material que possuíamos: a planta baixa do térreo e as perspectivas desenhadas pelo próprio engenheiro-arquiteto manauara.
Nesta nova versão, mais fiel à projeção e não à apresentação, levou-se em consideração três documentos enviados pelo professor Nelson Sanjad, pesquisador do Museu Paraense Emílio Goeldi: dois cortes, um transversal e outro longitudinal, e a planta baixa do 2º pavimento:


A planta baixa do térreo, que já possuíamos, mais os cortes e a planta do segundo piso cedidos por Nelson Sanjad.

Esse post foi publicado em Arquitetura e Urbanismo, História, Memória e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para 1940 — o “novo” Goeldi de Waterloo da Silveira Landim (2)

  1. Bassalo disse:

    Haroldo e Paulo André, parabéns. Material de excelente qualidade, permite compreender verdadeiramente a constituição do jamais construído prédio. Vamos para o próximo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s