A arquitetura de Theodoro Braga em pré-moldado regional de 1908 (2)

Audiovisual produzido em 2011 por alunos de Museologia e Comunicação IV da Escola de Museologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro — UNIRIO

Em A arquitetura de Theodoro Braga em pré-moldado regional de 1908 o Laboratório Virtual comprovou que Theodoro Braga se arriscou no projeto arquitetônico para um pavilhão que compôs a Exposição Nacional de 1908certamen internacional realizado no Rio de Janeiro com edificações, na maioria efêmeras, assinadas por medalhões da arquitetura e engenharia não poupados pela revista ilustrada O MALHO de 03OUT1908:

I0012244-20Alt=002874Lar=001884LargOri=002452AltOri=003741

O Pará, na condição de estado federado, não rubricou nenhuma edificação governamental como o fizeram outros, além do Distrito Federal: São Paulo, Bahia, Minas Gerais e Santa Catarina —  esta rústica erigida em madeira aludida às casas de seus imigrantes; mostrou (o Pará) seus produtos no Pavilhão dos Estados em espaço exíguo diante da demanda.
A presença do Pará na cenográfica cidade solidificada à Exposição Nacional (de 1908) se deu pela iniciativa privada: pelo stand da Fábrica de Cerveja Paraense inaugurada em Belém no ano de 1905; o design tridimensional assinado por Theodoro Braga ganharia visibilidade (pelo menos fotográfica) pela vizinhança ao concorrido Theatro da Exposição (nomeado João Caetano):

58837_543576762323746_2023875903_n (1)

A foto de Augusto Malta registra, à esquerda, o kiosque da Fabrica de Cerveja Paraense de parecença a um búfalo encangado na carroça; tal stand estava ladeado por dois grandes edifícios: o Theatro e o Pavilhão dos Bombeiros

Theodoro Braga fora contratado pela diretoria da Fabrica de Cerveja Paraense à tarefa de delinear e decorar o seu elegante pavilhão; contudo, ao que se depura dos documentos analisados, não solicitaram ao artista paraense a funcionalidade de um bar que permitisse a degustação das suas marcas de bebidas, só a exibição dessas e de imagens (fotos e pinturas) das dependências de seu moderno parque industrial instalado em Belém do Pará.
Também corrobora o raciocínio a parte fechada do recinto ter sido reservada por Braga, na origem, ao guarda do pavilhão, rechaçando possibilidades à implementação de equipamentos aos serviços; de todo modo não foi a construcção de T. B. que ganhou o apelido de Casa do vigia chargeada como casinha de cachorro pela O MALHO.
Em matéria sequente, em elaboração, trataremos do objeto arquitetado por Theodoro como pré-moldado em Belém e desmontado ao transporte naval à Praia Vermelha.

Ler O Estado do Pará na exposição de 1908; por Jacques Ourique.

Esse post foi publicado em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Fotografia antiga, História, Memória e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A arquitetura de Theodoro Braga em pré-moldado regional de 1908 (2)

  1. silvanamartinelli disse:

    Simplesmente fantástico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s