A humildade de um mestre: Evandro Carlos Jardim

Evandro Carlos Frascá Poyares Jardim (São Paulo SP 1935). Gravador, desenhista, pintor. Em 1953, ingressa na Escola de Belas Artes de São Paulo, onde estuda pintura com Theodoro Braga (1872 – 1953), Antonio Paim Vieira e Joaquim da Rocha Ferreira (1900 – 1965), além de modelagem e escultura com Vicente Larocca (1892 – 19–). Entre 1956 e 1957, estuda gravura em metal com Francesc Domingo Segura (1893 – 1974). Especializa-se em gravura em metal, na técnica da água-forte. Paralelamente à carreira artística, desenvolve intensa atividade docente em várias instituições, como a Escola de Belas Artes, a Fundação Armando Álvares Penteado – Faap e a Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP. Durante o regime militar, promove leilões de obras suas para ajudar os familiares de presos políticos e colabora com o movimento pela anistia política. Em sua produção gráfica, enfoca constantemente o cenário urbano de São Paulo. O artista, que revela extremo cuidado técnico na execução de suas obras, reelabora constantemente certas imagens, como a do Pico do Jaraguá, além de representações de pássaros, frutos, janelas ou de um cavalo morto.” — Site do Itaú Cultural.

Vídeo produzido pelo Itaú Cultural:

Entrevista (25 de outubro de 2009): 

Sobre Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta