1965: técnicos da Guanabara fazem Plano Diretor de Tráfego para Belém


O recorte de jornal acima, que dá a notícia  do início do “Plano de Trânsito” da Prefeitura de Alacid Nunes, nos foi fornecido pelo site parceiro Fragmentos de Belém.
Fala-se na construção de abrigos novos na Pedro Rayol, atual Padre Champagnat, e na Avenida Portugal, feitos em “..madeira com telhas de brazilite…” em “…substituição aos ‘clippers’ que, futuramente serão demolidos para dar lugar a uma extensa área de estacionamento…”.
Se alguém acessar Maiores falhas do PDT na Castilhos França saberá mais sobre  a inauguração do “…Plano Diretor do Tráfego, que modificou radicalmente o nosso sistema de trânsito…” e verá a foto que mostra os novos abrigos veiculada em A Província do Pará de 27 de abril de 1965:

Essas coberturas em madeira e brazilite de “…trinta e nove metros de comprimento por três e sessenta de largura…”, que a matéria titubeia entre três e quatro no calçamento da praça D. Pedro II, “…por volta das 18 horas quando desabou uma torrencial chuva, os abrigos construídos pela PMB foram pequenos para conter os passageiros que tiveram de praticar verdadeiras abordagens aos ônibus que se aproximavam das paradas…”.
É provável que o insucesso funcional e a insuficiência na quantidade das novas paradas de ônibus que não mais teriam o nome dos “…antiquados clippers…” tenham permitido que algumas dessas velhas construções permanecessem na paisagem dos arredores do Ver-o-peso pelo menos até o início da década de 1970, cinco ou seis anos depois:

Quem nos garante a proximidade dessa datação são os modelos dos automóveis estacionados na Praça do Relógio vistos neste cartão postal.

Fonte: A Província do Pará de 16 de fevereiro de 1965.


Postascriptvm (10/08/2015):
O colaborador Aristóteles Guilliod de Miranda nos enviou recorde do jornal A Província do Pará, datado de  13 de novembro de 1964; o periódico noticia que os “abrigos especiais” seriam construídos em “alumínio”:

abrigos substituirão clippers  Provincia 13 nov 64 p2

Esse post foi publicado em Belém, Urbanismo e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s