Categorias
Arquitetura e Urbanismo Cinema Literatura

Chuvas e Trovoadas; por Flávia Alfinito


FAU
Gênero:  Ficção
Diretor:

Categorias
Arquitetura e Urbanismo Águas

Habemvs Bebedourvm

1147736_636081949746992_919141881_o
Os alunos comemoram nas redes sociais a instalação do novo bebedouro da FAU; uma reivindicação antiga dos estudantes, só agora atendida pelo ITEC/UFPA.
Antes tarde do que nunca, mas falta uma visita técnica à ETA UFPA para saber do pH da água, dos coliformes, etc.

Foto retirada do Facebook de Taynara Gomes.

Categorias
Arquitetura e Urbanismo Prêmio

O fim do “premiado” BF se aproxima

corel394
O Blog da Fau teve sua primeira postagem em 30 de maio de 2010 e hoje, com 3 anos e quatro meses de atividades, conta com 2.330 publicações e 316.127 visitas acumuladas.
Em 2012 o BF foi considerado a Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA, sendo premiado com 6.000 Reais pelas pró-reitorias de Planejamento (PROPLAN), Administração (PROAD) e Gestão de Pessoal (PROGEP) ─ tal valor jamais foi retirado porque o edital amarrou a prenda em passagens, diárias e hospedagens para eventos científicos.
A mais alta láurea conquistada no concurso Ideias e Páticas Inovadoras em Gestão Universitária da UFPA foi um par de sapatos que não coube nos pés do BF, ao contrário, ficou bastante apertado, já que as tarefas acadêmicas de seus editores foram ampliadas por determinação da PROPLAN, não restando o tempo necessário à edição de matérias próprias com caráter de originalidade.
No dia do Círio nos queixaremos ao Bispo, ou melhor: ao Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa; talvez ele interceda, junto à Santa, para que o BF seja tratado com respeito e dignidade pelos que o premiaram.

Categorias
Arquitetura e Urbanismo Águas

Visita técnica ao Parque do Utinga

sdfgh
Imagem ampliável para melhor visualização

Alunos do segundo e último semestres do Curso fizeram ontem visita técnica ao Parque do Utinga e à ETA ─ Estação de Tratamento de Água ─ Bolonha.
A iniciativa da excursão voltada ao entendimento da Cidade foi do professor Euler Arruda que solicitou ônibus da UFPA.
Além de conhecerem a área de captação das águas do rio Guamá os estudantes assistiram palestra do engenheiro químico José Carlos de Oliveira antes de percorrerem a ETA Bolonha.
Zé Carlos garantiu aos presentes que a água da região metropolitana de Belém é apropriada ao consumo, contudo, há necessidade de filtragem doméstica para eliminar os resíduos sólidos transportados (18kg/m³ em média) que são acumulados nas tubulações e caixas d’água residenciais; a água da COSANPA, segundo o químico, possui um pH (potencial de hidrogênio) 6, próximo da neutralidade (pH7), mas o dobro do encontrado em águas “minerais” comercializadas em Belém, de solução bastante ácida (pH 3).
Contudo, pelo que se viu no Parque do Utinga, nota-se o descompromisso governamental tanto com os mananciais que abastecem Belém, quanto com a sua estação de tratamento, notadamente sucateada pela falta de investimentos.