O Setor Esportivo da UFPa* entre 1976 e 1977

Em Fotos do MUFPA revelam a Olaria São Martinho do Tucunduba cometeu-se um equivoco interpretativo nas três fotografias analisadas: o que se supôs ser “piscinas formadas pela retirada (aparentemente ordenada) de argila” na realidade são 9 (nove) quadras desportivas — 6 (seis) bivalentes e 3 (três) polivalentes —, 1 (um) vestiário com banheiros e, provavelmente, o início da construção da piscina semiolímpica do Setor Esportivo da UFPa.
Essas informações foram obtidas em O Espaço Acadêmico da UFPa em 1979, documento recentemente digitalizado pelo Projeto Blog da FAU oriundo do acervo pessoal do professor Jaime de Oliveira Bibas — editor vitalício do BF.
A publicação composta e impressa pelo Serviço de Imprensa Universitária da UFPa traz uma cronologia inexata das edificações que foram compondo o Campus do Guamá desde 1967, contudo, por analogia é possível aproximar a datação das imagens aéreas que estão expostas no MUFPA.
O relatório de obras construídas apresentado pelo Escritório Técnico AdministrativoETA — da Prefeitura do Campus diz, dentre outros dados pertinentes, que a piscina semiolímpica fora concluída em 1977; ou seja: as fotos aéreas do MUFPA cercam os anos de 1976/77:

A página 137 do documento mostra a planta geral do Setor Desportivo da UFPa em 1979, dando a piscina semiolímpica como pronta, além dos 10 equipamentos primevos:


Ampliáveis

Por mais que vejamos a Olaria São Martinho nas imagens não é possível afirmar se a mesma se encontrava em atividade ou já estaria abandonada entre 1976/77.

*A sigla da Universidade Federal do Pará em tempos idos utilizava o “a” minúsculo.

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e Urbanismo, Fotografia antiga, História, Memória, Patrimônio e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta