CLIPPERS da memória de Belém

Na imagem acima temos mais dois CLIPPERS, ou PARADAS, como anunciava a placa em concreto sobre a laje daquele que ficava defronte à igreja das Mercês.
A foto desse clipper, onde se lê SORVETERIA RIO BRANCO, foi digitalizada a partir de um cromo com 5,5 x 5,5cm e, no envelope que o continha junto com outros, havia a inscrição “Para a Bibita 17-5-935”; essas informações podem ser conferidas em Belém do Pará: um dia desenhado em 1935 (2ª parte) do Blog HB.
Já as outras duas imagens, fornecidas ao BF pelo médico e escritor José Maria de Castro Abreu Júnior, que as “confiscou” lá pelas bandas do Facebook sem nenhuma identificação, são inéditas para nós; mas, ao que tudo indica, foram tiradas em épocas bem próximas — nota-se a aparência de clippers recém-construídos.
No bairro do Guamá, na esquina da Augusto Corrêa com a Barão de Igarapé Miri, existe uma remanescência desse tipo de equipamento público; procuraremos fazer uma postagem com fotografias daquele lugar.

Fotos acrescentadas à postagem em 21 de maio de 2012 por sugestão da bibliotecária Regina Vitória Alves, colaboradora do BF.


Postscriptvm (o1/11/2014):
Acompanhe a evolução da pesquisa pelo SUMÁRIO que dá acesso às postagens sobre CLIPPERS até 24/10/2014.
Algumas informação contidas nesta postagem podem ter caído por terra em consequência da aparição de novos registros documentais.
Não fazemos nenhuma reparação nos textos originais, apenas colocamos esta nota ao final das publicações cobertas pelo período do resumo.
Aprendamos com os nossos erros.

Sobre o Projeto Laboratório Virtual - FAU ITEC UFPA

Ações integradas de ensino, pesquisa e extensão da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará - em atividade desde maio de 2010. Prêmio Prática Inovadora em Gestão Universitária da UFPA em 2012. Coordenação: professor Haroldo Baleixe.
Esta entrada foi publicada em Arquitetura, Equipamentos públicos, Fotografia, Fotografia antiga, História, Investigações do Blog da FAU e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para CLIPPERS da memória de Belém

  1. bento disse:

    putis lindo

Deixe uma resposta