Polêmica abandonada

Mal completou dois anos e a obra do grafiteiro paulistano Eduardo Kobra, na esquina vazia da Castilhos França com a Portugal, já está largada e pichada; a grama da “pracinha”, sem manutenção alguma.
O tititi foi brabo na época da execução, já que o trabalho encobriu um projeto plástico do artista paraense Osmar Pinheiro de Souza Júnior, falecido em 2006.
Ventilou-se mesquinharias políticas, maquiavelices do Partido dos Trabalhadores.
Bem, parece que essa história não mais interessa, até porque o rumo que a estampa pública está tomando é o mesmo da anterior: total desmazelo associado à falta de educação — cancro da sociedade belenense, cancro da sociedade brasileira; não é por pouco que as Universidades Federais estão em greve.
As caixinhas que se vê na fotografia acima têm o poder da automultiplicação, até chegar no que se documentou abaixo: a derrocada absoluta da atitude do Osmarzinho, que, por ironia (também do destino), tinha uma concepção sobre a assepsia do Ver-o-peso:

Esse post foi publicado em Patrimônio Público. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s